top of page

Vestidos de noiva do século XIX


noiva da regência segurando um bouquet de flores

Nos dias atuais, o vestido de noiva atua como um dos protagonistas da cerimônia de casamento. A busca pelo vestido perfeito é uma das atribuições mais aguardadas pela noiva em seu imenso checklist de tarefas - been there, done that!


Nas primeiras décadas do século XIX, no entanto, o vestido era um mero coadjuvante. Sua importância dependia do status e fortuna da noiva.


vestidos de noiva da época da regência
The MET Museum, Domínio Público

vestido francês datado de 1804
Vestido francês (1804–1805) - The Metropolitan Museum of Art

Mulheres de classe média e classes consideradas inferiores não tinham outra escolha a não ser optar pelo melhor vestido que tinham em mãos, geralmente aqueles que eram guardados para os serviços religiosos aos domingos. As mais afortunadas adicionavam ao traje um bonnet novo, luvas ou outro acessório para tornar o momento único.


Mulheres da Gentry e da aristocracia investiam em um novo vestido para o casamento. Isso não significava que ele seria usado apenas para a ocasião. Como era esperado que o traje fosse reutilizado, seguia-se os ditames da moda em sua confecção.


Na imagem, um traje francês de noite que poderia ter sido facilmente utilizado para uma cerimônia de casamento.


Era comum que as noivas escolhessem cores do dia-a-dia como rosa, verde e azul para o tecido do vestido. Qualquer cor era aceita, contanto que não fosse preta, utilizada para o luto.


Durante as primeiras décadas do século XIX, a cor branca não era vista como símbolo de pureza. Apesar de ser utilizada por algumas noivas da aristocracia — as mulheres de classe baixa fugiam do branco pela dificuldade em manter os trajes limpos — a cor não era esperada em um casamento da Regência.


O cenário mudou apenas quando a Rainha Victoria se casou com o Príncipe Albert em 1842.


retrato da Rainha Victoria por Franz Xaver Winterhalter
Rainha Victoria - Franz Xaver Winterhalter (1805–1873) - National Maritime Museum, Greenwich, London

O casamento Real teve ampla cobertura da mídia da época e atraiu a atenção dos súditos. Gradualmente, a cor branca assumiu a importância que perdura nos dias atuais.


vestidos de noiva da época da regência
Ackermann's Repository - Domínio Público

Os acessórios da noiva combinariam com seu vestido e estilo pessoal, refletindo a solenidade da cerimônia e se encaixando na formalidade padrão da época. Era comum o uso de luvas compridas, meias de seda e um véu atado aos cabelos. Em séculos passados, o véu era usado como uma cobertura sobre o rosto. A prática derivava de superstições como "esconder" a noiva de espíritos malignos e para evitar que o noivo a visse antes dos votos — uma conveniência particularmente atrativa em casamentos arranjados. No século XIX, tais ideias desapareceram e o véu se tornou mais um acessório. No entanto, a renda feita à mão era a pouco acessível e apenas as mais abastadas podiam optar por tal luxo.


regency's bride

Um dos acessórios mais importantes era o bouquet da noiva. As flores proporcionavam um toque de frescor à cerimônia e invocam antigas crenças pagãs de fertilidade.


Também era comum que as noivas utilizassem flores nos cabelos ou presas ao vestido. Em Londres, as flores poderiam ser adquiridas. Em casamentos no campo, eram colhidas nos arredores para formar o bouquet.



 

Fontes:



20 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Kommentare


bottom of page